06 dezembro, 2007

Anda tudo doido?



Eu fico mesmo a pensar se anda tudo doido ao ler certas noticias.
"Consumidores vão pagar novos contadores de electricidade".
Então, para eles despedirem gente (o pessoal das leituras), para reduzirem custos, para facturar de imediato (o que o consumidor gastou) os clientes é que têm de investir e desembolsar?
Vamos todos nós contribuir para aumentar a taxa de desemprego e para um ainda mais escandaloso aumento de lucros da EDP?
Afinal já se está a ver no que deu a "mudança" do presidente da ERSE.
Já agora, depois deve ser o cliente a pagar as novas balanças do mercados ou hiper-mercados. Também dos contadores das bombas de gasolina, dos períodos de telefones (que em tempos já foi), dos metros dos pedreiros, das canetas dos advogados, etc.?

É obvio que indirectamente o consumidor paga isso tudo. Mas não desta forma tão descarada.

Sempre gostava de ver se isto for para a frente se virá essa valor indicado para poder entrar como "despesa" no IRS do consumidor ou se o mesmo vai ser deduzido pela EDP nas suas despesas operacionais.

2 comentários:

Ana Ferreira disse...

Também quero que me paguem o papel que uso para imprimir os materiais para as aulas e as canetas, sim senhor, ou comem todos ou há democracia.

Benfica disse...

Anda muita gente sem nada para fazer...a encher os bolsos as nossas custas.
já agora deixo aqui para reflexão estou desempregada e pus um anuncio meu trabalhar na area de secretariado,visto que é a minha formação e tenho 8 anos de experiência não é que só me aparecem tarados para me convidarem para secretaria "pessoal"....ISTO É MESMO DE MALUCOS