29 junho, 2007

Cheque tecnológico

Acabo de constactar que quem não usa Windows não tem direito a saber quanto terá de pagar de ISV (Imposto Sobre Veículos) em 2008.
Pelos vistos a visita do Sr. Bill Gaites está a dar os seus frutos.

O Simulador é uma aplicação .exe

27 junho, 2007

Petição

Não vamos permitir que uma empresa que não respeita a propriedade alheia, a comunidade OpenSource e que copia as inovações e ideias dos outros possa "conquistar" o direito a ter um seu formato proprietário como Standard.

NoOOXML


Ainda por cima como é que podem querer fazer o formato como standard se nem sequer é multiplataforma?

Podem juntar-se à petição para a CT Portuguesa

25 junho, 2007

Zandinga help me

Por vezes interrogo-me se será distracção ou burrice mesmo.

Acabo de receber um e-mail no "geral" da firma.



Em 2007/06/25, às 16:32, XXXXX XXXXXXX escreveu:

Ex.mos Srs.

No seguimento do nosso contacto através de uma visita à XPTO e na
impossibilidade de estabelecer um contacto telefónico, venho por este meio
agradecer-lhe desde já a abertura que demonstrou para futuros contactos e
desta forma perguntar se existe da sua parte disponibilidade para o
agendamento de uma reunião não muito alargada connosco no sentido de
podermos mais personalizadamente falar dos nossos serviços adaptados às
vossas necessidades.

Ficarei a aguardar reposta.

Melhores cumprimentos"


A minha resposta (que até estou bem disposto).

"Boa tarde

Para poder dar o melhor seguimento a esta sua solicitação agradecia a indicação da pessoa para quem devo reencaminhar este vosso e-mail que foi endereçado para o endereço postal geral da XPTO.



Obrigado"

Big ass table

Uma sátira à mesa (surface) que a Microsoft "apresentou" numa tentativa de desviar a atenção do iPhone.



E agora a cereja no topo


20 junho, 2007

Verdadeira banda de garagem

É um vídeo que já conhecia há algum tempo mas que me foi novamente enviado.
Faz-me lembrar uma banda de Coimbra que existiu há uns anitos. Chamava-se M’As Foice (leia-se é mas foice) em que havia umas "performances" artísticas nos concertos.
Podem ser vistas imagens dessa banda colocadas no Youtube por João Nunes .


19 junho, 2007

Segurança no trabalho.

Portugal não é um bom exemplo neste campo.
Mas pelos vistos neste caso não estamos na cauda.





12 junho, 2007

Atrasos da tecnologia

Solicitei on-line à EDP no final da semana passada a alteração da potência contratada da minha casa.
Para além dessa solicitação tentei também fazer o registo. Não consegui e recebi a resposta ao e-mail que enviei a referir isso mesmo.
Foi-me dito que teria de desactiva o block pop-up windows. :\

Relativamente à alteração de potência contratada recebi hoje esta magnifica resposta.

"On Jun 12, 2007, at 8:23 AM, edp.online@edp.pt wrote:

Nossa Referência: E-mail /07/Front-Office
Data: 12-06-2007
Para: xxxxx@xxx.com
Assunto: Re: Alterações Contratuais
Exmo(a) Sr(a)


Recebemos o seu pedido de Alteração de Potência que agradecemos.

Informamos que o seu pedido foi satisfeito.

Lamentamos não poder proceder à alteração do equipamento na data
indicada por V.Exa , pelo que propomos que uma equipa de trabalho
se desloque ao seu Local de Consumo no próximo dia 00/00/00 entre
as 00H00 e as 00H00.

No caso de essa deslocação não ser oportuna para V.Exa agradecemos
que nos informe com a brevidade possível.

Com os melhores cumprimentos

Sugerimos o registo no Site em www.edp.pt.

Nome (Assistente Backoffice)
EDP Online"


A minha pronta resposta:

"Bom dia

A não ser que seja Jesus e tenha acabado de nascer não poderei estar
presente na data e hora proposta.
Também duvido que a distribuição eléctrica já exista nesta altura.


Obrigado


XXXXXXXXXXXXXX "

11 junho, 2007

Realmente dá que pensar.

Não sei quem é o Zé, nem de quem é ele amigo, mas concordo em absoluto...!
MC

*Escrito pelo meu amigo Zé!** Amigo de alguém... (não sei quem é o Zé, mas o acham???*

"Tenho-me mantido calado em relação ao desaparecimento ou rapto da menina inglesa, porque acho que há gente a mais a dizer alarvidades sobre o assunto.
Tenho-me abstido de manifestar a minha repugnância pelo procedimento asqueroso da imprensa inglesa em relação à actuação da polícia portuguesa, porque acho que vozes de burro não chegam ao céu.
Tenho optado por não manifestar o meu desacordo pelas conferências de imprensa que a PJ dá em inglês, num abjecto acto de subserviência em relação a esta classe de gente (e gente não é, certamente, que gente não procede assim), porque reconheço que do alto da sua arrogância, apenas têm contribuído para revelar ao Mundo a mentalidade de merda que existe por dentro daquelas cabecinhas loiras.
Agora o que não vou engolir é que um filho de puta inglês, que se diz ser o arquitecto da casa onde mora o principal suspeito, que reside em Portugal há cerca de trinta anos e não fala uma palavra de português, tenha o descaramento de criticar a GNR porque, segundo afirma o cretino, tentou dar informações pelo telefone e foi atendido por um agente que não falava inglês. Pior ainda, disse a besta com todo o ar de desdém que lhe coube naquelas fuças de porco inglês, foi quando, algumas horas depois voltou a telefonar e quem o atendeu sabia apenas algumas palavras da língua de sua majestade, a rainha da casa da maior pouca vergonha a que o Mundo assistiu nos últimos anos.
Estes ingleses não se mancam, mesmo.
Estes ingleses merdosos, que já no tempo da guerra afirmavam que a Europa estava completamente isolada pelo nevoeiro, estes ilhéus provincianos que em pleno século XXI continuam a conduzir fora de mão e a alimentar uma realeza
de putaria, estes negreiros sem vergonha que espalharam e deixaram escravatura e racismo pelos quatro cantos do Mundo, estes arruaceiros de merda que espalham o terror pelos campos de futebol da Europa, têm o topete de viver trinta anos num país que lhes oferece um sol radioso, como eles nunca imaginaram existir, sem se darem ao trabalho de aprender uma palavra da nossa língua, ainda têm tempo de antena num canal de televisão nacional para falarem mal de nós?
Mas afinal que trampa de república de bananas é esta, que beija a mão a quem nunca respeitou um aliado, que parece ter esquecido o célebre mapa cor-de-rosa, com que nos roubaram metade de África, e fica impávida e serena, a ouvir os desabafos destes alarves, sem ao menos um protesto oficial.
Por onde é que anda o "gasolineiro" de Boliqueime quando a honra do país necessita ser defendida?
Onde é que está o "inginheiro" feito à pressa, sempre tão lesto a acariciar os "tomates" aos amigos trabalhistas?
Já não resta nem um pouco do orgulho nacional?
Depois admiram-se que meia dúzia de gatos-pingados, apreciadores de concursos televisivos, reabilitadores de apresentadeiras escorraçadas da política, façam do maior ditador do século vinte, o maior português de sempre.

Ao fundo com a Inglaterra e puta que pariu os ingleses!"