29 fevereiro, 2008

Netscape morre amanha.



Pois é.
É já amanha que o primeiro grande browser, agora propriedade da AOL, vai deixar de ter suporte.
Muito provavelmente nem saberão do que estou a falar. Mas o Netscape pode ser considerado para os anos 90 o que hoje é o Google. Isto em termos de popularidade e de quantidade de gente a utilizá-lo (com as devidas proporções consideradas).

O Netscape está nos genes do Firefox, Opera e outros browsers ainda em pleno uso.
Infelizmente a estratégia da M$ conseguiu, com a sua inclusão na distribuição do Windows (nas suas várias formas), que as pessoas apenas tivessem conhecimento do IE. Foi inclusive multada e processada por tal procedimento. Mas conseguiu o seu intento.
Tenho pena, pois era uma excelente aplicação.
Já há muito que deixei de trabalhar com ele, provavelmente quando comecei a trabalhar com o OSX.

Encontrei esta referencia no The Inquirer.

Vai deixa saudades a muitos.

1 comentário:

amanhã disse...

às vezes é preciso uma noticia triste para nos lembrar-mos de algo que fez parte da nossa vida, e que na altura dávamos um valor enorme e que agora nem nos lembrávamos da existencia. e mesmo assim ficamos triste com a sua partida.


r.i.p. netscape