11 janeiro, 2010

Android store.

Primeiro que tudo, gostava que ficasse bem patente que sou defensor do OpenSource e grande admirador da Google (sua criação e crescimento).

Posto isto vamos ao que me levou a fazer este post.


Muito se tem falado nos últimos dias sobre o Nexus One, o telemóvel lançado pela Google na semana passada.
Um dos pontos "fortes" que lhe era associado era a loja ter um formato "livre" ao contrário da AppStore (iTS) da Apple.
Têm sido vistas criticas à Apple (e concordo com algumas) sobre a demora e a recusa de certas aplicações.


Mas........


Reparem o que já hoje se deu conta.
"Malware designed to steal bank information pops up in Google’s Android app store" encontrado no MacDailyNews


Afinal (e para o consumidor) qual será a melhor forma. Haver um controlo (que pode pecar pelo exagero) ou não haver controlo e estar sujeito a ser "assaltado"?

Como diz o ditado, "que venha o diabo e escolha".

1 comentário:

naovouporai disse...

feitas as contas, no final, os diabinhos, utilizadores, escolherão aquilo que acharem mais seguro... e realmente esta notícia não é nada animadora para o android :/